A Cor Púrpura (The Color Purple, EUA, 1985)


Sinopse:

Georgia, 1909. Em uma pequena cidade Celie (Whoopi Goldberg), uma jovem com apenas 14 anos que foi violentada pelo pai, se torna mãe de duas crianças. Além de perder a capacidade de procriar, Celie imediatamente é separada dos filhos e da única pessoa no mundo que a ama, sua irmã, e é doada a "Mister" (Danny Glover), que a trata simultaneamente como escrava e companheira. Grande parte da brutalidade de Mister provêm por alimentar uma forte paixão por Shug Avery (Margaret Avery), uma sensual cantora de blues. Celie fica muito solitária e compartilha sua tristeza em cartas (a única forma de manter a sanidade em um mundo onde poucos a ouvem), primeiramente com Deus e depois com a irmã Nettie (Akosua Busia), missionária na África. Mas quando Shug, aliada à forte Sofia (Oprah Winfrey), esposa de Harpo (Willard E. Pugh), filho de Mister, entram na sua vida, Celie revela seu espírito brilhante, ganhando consciência do seu valor e das possibilidades que o mundo lhe oferece.


O filme é baseado no livro homônimo da escritora americana Alice Walker.
Whoopi Goldberg fez sua estréia no cinema de uma forma brilhante e inesquecível com Celie.
Aliás  é impossível assistir ao filme e esquecer das atuações de Danny Glover, Margaret Avery e de Oprah Winfrey, que também é estreante.
A história é um relato emocionante de superação e aborda temas como violência doméstica, preconceito racial e contra a mulher.
O filme, dirigido por Steven Spielberg, recebeu onze indicações ao Oscar, incluindo as categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz (Whoopi Goldberg) e Melhor Atriz Coadjuvante (Oprah Winfrey e Margaret Avery), mas infelizmente não levou nenhuma estatueta. 



A trilha sonora magistral é de Quincy Jones.
Então termino esse post desse clássico ao som de: Miss Celie's Blues. Enjoy!!!






A Cor Púrpura (The Color Purple, EUA, 1985) A Cor Púrpura (The Color Purple, EUA, 1985) Reviewed by Evelyne V. Nami on 6.12.10 Rating: 5

9 comentários

  1. Oi Eve,
    Eu assisti este filme, mas faz bastante tempo. Lembro da história e lembro que chorei muito.
    Quer ver um pouco mais de Veneza? Assista "Todos Dizem Eu Te Amo", do Woody Alen ou o famosíssimo "Morte Em Veneza".
    Bjkas e uma ótima 3ª-feira para vc.

    http://gostodistonew.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda recomendo mais, o livro é identico ao filme, não mudaram uma virgula qdo filmaram, ambos valem a pena! beijao

    ResponderExcluir
  3. Essa história e realmente comovente!
    Beijo,
    Vanessa Sagossi
    comentandoofilme.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. maravilhoso e marcante este filme

    lindo


    beijos!

    ResponderExcluir
  5. Eve,
    Ainda nãoa ssiti esse filme, me pareu bem triste é com muitas mensagens... vou seguir a dica...
    Bjs amiga querida!!!

    ResponderExcluir
  6. Eve.

    Eu não ví esse filme, mas já me falaram muito bem dele. Vou assistir com certeza.
    Adorei a música. Amo jazz e blues! Quincy Jones sempre arrasa.
    Parabéns por mais um post muito bem feito!

    Grande beijo

    ResponderExcluir
  7. Oi Eve.

    Assisti esse filme a muito tempo atrás e não esqueci dessa história tão emocionante.
    É uma ótima recomendação, como sempre!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Nossa Eve..

    faz um tempão que assisti a esse filme, mãas ele me marcou muito.. A Whoopi Goldberg arrasou, ainda mais pq maioria dos filmes que ela fez são comédia!! Mãas ainda sofro pela violencia que ela e a irmã sofreram!!

    Bj Bj Bj..
    complementto.blogspot.com

    ResponderExcluir

Faça a alegria da blogueira que vos escreve: deixe um comentário sobre o post!!!

Post AD