12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave, EUA, 2013)


Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), um escravo liberto é sequestrado em 1841 e vendido para Edwin Epps (Michael Fassbender), sendo forçado a trabalhar em uma plantação na região de Louisiana, nos Estados Unidos. 
Ele só recupera a sua liberdade apenas doze anos mais tarde.


O filme é baseado no livro de memórias homônimo, escrito pelo próprio Solomon Northup em 1853.
Solomon era um escravo liberto que sabia ler, escrever e tocar violino, que vivia com sua família até ser enganado e vendido como escravo.
Em sua jornada ele aprende a esconder a sua verdadeira identidade para sobreviver, mas nunca desiste de recuperar a sua liberdade e reencontrar a sua família.
Acompanhamos o sofrimento de Solomon e dos escravos ao longo dos anos. Entre tanta dor e morte a história de Patsey (Lupita Nyong'o) nos comove muito.
Ela sofre com o trabalho duro, com os abusos sexuais e a obsessão de Epps e as privações impostas pela esposa dele. 


Steve McQueen em uma direção precisa e real mostra as lágrimas se misturando ao suor e ao sangue dos negros que eram tratados como propriedade e com essa justificativa era maltratados e abusados pelos "donos".
As atuações de Chiwetel Ejiofor e Michael Fassbender são o grande destaque. Destaque também para a brilhante atuação da estreante Lupita Nyong'o, que foi indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante e merece levar o prêmio.


O longa é um relato forte, cruel, devastador e doloroso como a escravidão. Mas infelizmente o racismo e as injustiças contra os negros ainda acontecem. 
Um exemplo mais recente disso aqui no Brasil é o caso de Vinícius Romão, acusado de um assalto e preso por ter as mesmas características físicas do real assaltante. Vinícius é ator, formado em psicologia e atualmente trabalha como vendedor e foi preso quando voltava para casa depois do trabalho. 
Enquanto injustiças como essa forem cometidas a história de Solomon será atual e serve para mostrar o quanto é terrível e inaceitável qualquer forma de discriminação racial contra os negros.

Nota: 5/5.

Enjoy! See you soon!

12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave, EUA, 2013) 12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave, EUA, 2013) Reviewed by Evelyne V. Nami on 26.2.14 Rating: 5

5 comentários

  1. Oi Evelyne!

    Esse foi um filme que me deixou uma marca. Já vi faz algum tempo e sei que vai ser daqueles que não esquecerei. A direção foi impecável e as atuações também. E se tiver que bater o martelo afirmo que ele leva o Oscar de melhor filme. Foi um dos meus preferidos da temporada. Adorei a crítica.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, tô doida pra ver este filme! Acho que sexta vou ao cinema!

    Todo mundo tá elogiando e acho que é um dos favoritos aos prêmios do Oscar hein?

    Ótima resenha! :)


    Beijão!

    Piece of My Heart

    ResponderExcluir
  3. Eve!
    Estou louca para assistir esse filme! É um dos que eu aposto como ganhador do Oscar de melhor filme, tendo em vista seu teor histórico! Realmente, passar 12 anos sendo escravo quando se é um homem livre deve ser terrível, e aprender a conviver com a nova realidade deve ser muito difícil!
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  4. Oi Eve! Não quis comentar antes, porque queria ver o filme primeiro e escrever a resenha, para ficar sem qualquer referência sabe?
    Enfim... Adorei o filme, acho que ganha de melhor filme, sem dúvida! A não ser que Gravidade seja melhor. A atuação do Chiwetel e da Lupita foi demais!

    Beijos,
    nina xaubet

    ResponderExcluir

Faça a alegria da blogueira que vos escreve: deixe um comentário sobre o post!!!

Post AD