The Last Ship

Sua missão é simples. Encontrar uma cura. Parar o vírus. Salvar o mundo. 


E lá vamos nós de novo embarcando em mais uma série sobre um vírus mortal. Já vou avisando que a postagem terá alguns spoilers do primeiro episódio igual ao cartaz acima!
A história é basicamente sobre um vírus que mata boa parte da população mundial. Enquanto isso um navio americano, sua tripulação e uma médica precisam descobrir a cura para a doença.
Para piorar um pouco mais eles vão enfrentar um inimigo infiltrado.
Tudo isso é claro com uma boa dose de explosões à la Michael Bay, que é um dos produtores da série.


A bordo do destroyer americano USS Nathan James, a Dra. Rachel Scott (Rhona Mitra) está em uma missão secreta para descobrir uma vacina/cura para a doença que se espalhou muito rápido pelo mundo e dizimou 80% população mundial. 
Essa missão era tão secreta que no início nem o próprio capitão Tom Chandler (Eric Dane) e sua tripulação sabem disso. Eles só descobrem o grande avanço da doença e porque estão ali quando o capitão fica sabendo, pela própria Dra., a verdade sobre a missão.
Descobrimos também que a doença é contraída pelo ar e pelo contato direto com o sangue do infectado. Por isso os sobreviventes usam máscaras e roupas especiais para evitar o contágio.
Fica bem claro que o capitão decide ajudar e oferece seu navio como base para o laboratório improvisado porque quer proteger a sua família que ainda se encontra a salvo e a sua tripulação, afinal eles não sabem como está a real situação dos EUA.


A série da TNT, que estreou na Summer Season 2014, tem sido muito comparada a Helix. Mas com a exceção do vírus mortal as duas séries não tem mais nada em comum.
Na verdade achei a história muito mais parecida com Guerra Mundial Z (World War Z, EUA, 2013) só que neste caso os infectados morrem e não se tornam zumbis super rápidos.


O primeiro episódio, na minha opinião, foi bem instável. O início é muito bom, mesmo que a história seja pouco original, mostra de forma dramática os efeitos devastadores da epidemia nas pessoas.
Mas ao longo do episódio ele se torna bem maçante principalmente porque os atores não convencem muito e existem algumas incoerências na história.
Vou continuar a assistir principalmente pela cena final do episódio e então decidir se irei acompanhar toda a temporada.

Enjoy! See you soon!

The Last Ship The Last Ship Reviewed by Evelyne V. Nami on 15.7.14 Rating: 5

5 comentários

  1. Oi Eve,
    Não gosto muito de filmes e séries catastróficas. Acho que vou deixar esta passar...
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho até medo de assistir ao piloto, gostar e começar a ver. Evito ao máximo televisão pra não ocupar meu tempo. Recentemente inventei de ver Once Upon a Time... ferrou! Agora quero ver pelo menos 1 episódio por dia. rsrsrs
    Essa série me pareceu bem interessante, mesmo não sendo meu estilo.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  3. Pelo menos as pessoas não se tornam zumbis, odeio zumbis! hehe... Mas não é o tipo de série que gosto, de toda forma... não me agrada esse tipo de história em que um vírus começa a matar todo mundo. O fato desse episódio acabar se tornando maçante fez com que eu decidisse nem pensar em assistir mesmo.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  4. Apesar de gostar e me interessar pelo tema que a série trata, não pretendo assistir. Perdi o total interesse por séries novas, só se for uma sensacional mesmo pra eu começar a ver, no mais estou apenas assistindo as que eu já acompanhava anteriormente e estou feliz assim haha.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Eve! Apesar de gostar mais de séries "de menininha", você conseguiu me deixar curiosa a respeito de The Last Ship! Vou procurar assistir também, vai que eu não encontro aí um outro gênero que também me atraia, né?! Últimamente tô gostando de ~variar~, descobrir filmes/séries/livros diferentes dos que eu tô acostumada e a experiência está sendo muito gostosa! Hahahah ♥

    Beijinhosss!

    ResponderExcluir

Faça a alegria da blogueira que vos escreve: deixe um comentário sobre o post!!!

Post AD