O Doador de Memórias (The Giver, EUA, 2014)


Em uma sociedade igualitária, as pessoas convivem em paz mas seus sentimentos foram substituídos por uma dose diária de medicação que inibe as emoções e todas as memórias anteriores a fundação da comunidade.
Somente uma pessoa possui essas memórias para orientar os outros. 
Quando completam dezesseis anos os habitantes tem suas profissões escolhidas pelos anciões depois de analisarem a capacidade de cada um. É assim que (Brenton Thwaites) descobre que será o novo portador das memórias. 
Seu treinamento será difícil e mudará completamente a sua vida.


Essa distopia é uma adaptação do livro O Doador (The Giver) escrito por Lois Lowry, e tem como seu foco central a crítica a uma sociedade ideal, mas que é extremamente restritiva e controladora, tanto nas ações quanto nos sentimentos de seus habitantes.
Em todos os momentos os cenários nos passam a sensação que estamos em lugares e situações sintéticas até mesmo no ambiente "familiar".
O longa tem várias analogias interessantes e bem evidentes. Uma dela é a medida que o doador compartilha conhecimento e as memórias com Jonas, que não está mais tomando sua dose diária de medicação, ele passa a ter sentimentos, emoções e enxergar não só as cores mas também a realidade encoberta pela aparente perfeição da comunidade.
Outra analogia é em relação ao amor/rompimento das leis, representado pela maçã, simbolo bíblico do pecado.


As atuações de Brenton Thwaites e Odeya Rush são ótimas. Gostei muito também da atuação de Katie Holmes. Mas o grande destaque é Jeff Bridges. Ele consegue dar toda a profundidade e complexidade ao seu personagens.
Destaque também para a sempre competente Meryl Streep. 


Estamos dispostos a abrir mão das nossas emoções e sentimentos em troca de uma sociedade "perfeita"? É esse o ideal de sociedade que procuramos?
O desenvolvimento da história nos faz refletir sobre estes questionamentos e nos mostra que a natureza humana não pode simplesmente ser alterada, porque ao suprimir os defeitos as virtudes também se perdem.

Nota: 4/5.

Enjoy! See you soon!

O Doador de Memórias (The Giver, EUA, 2014) O Doador de Memórias (The Giver, EUA, 2014) Reviewed by Evelyne V. Nami on 4.10.14 Rating: 5

14 comentários

  1. Oi, Evelyne! Ainda não li a obra nem assisti ao filme. Gosto muito de distopias e o elenco parece muito bom, como você destacou. Espero conferir boas atuações e excelente crítica por parte do filme. Espero curtir ambas as versões em breve. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. OI Eve, tudo bem?
    Assim que o livro foi lançado me conquistou na hora, achei essa história cheia de metáforas, contexto implícito, algo para nos fazer refletir, questionar. Não existe perfeição, uma sociedade ideal sem liberdade, não pode ser a escolha.
    Adorei a escolha dos atores, esse tom em preto e branco e sua crítica ficou perfeita, acho que não irei me arrepender em ler o livro e nem em ver o filme.
    Beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá

    Eu quero muito assistir esse filme, mas pretendo ler o livro primeiro apesar de achar que o mercado literário e cinematográfico esta ficando saturado de tantas distopias.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Eve,
    Eu li o livro "O Doador de Memórias" em uma época muito marcante, pois minha oncoterapeuta pediu que eu lesse e discutisse com ela durante a minha quimioterapia. Eu não poderia deixar de assistir ao filme, e goste muito, é bem fiel ao livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu só tinha ouvido falar do filme, além de não saber que era baseado em um livro D:
    Mas de fato achei muito interessante a sinopse dele, gosto muito de filmes que te levem a pensar e rever seus próprios conceitos sobre vida, sociedade e etc...
    Acho que esse tipo de filme só vem enriquecer tanto o cinema quanto aos que assistem, mas eu só espero que ele não seja muito parado, isso desfavorece o filme as vezes :s

    ResponderExcluir
  6. Olá

    Me lembrei um pouquinho de 'Admirável Mundo Novo' lendo a premissa, com essa droga que eles ingerem e etc, mas para outros fins. Acredito que teve uma pequena inspiração neste clássico distópico. Ainda não assisti a esse filme, mas tenho curiosidade. Acho que sua crítica é a primeira que avalia o longa positivamente. Estava bem pessimista em relação a ele, mas tenho um pouquinho mais de esperanças (não vou dizer expectativas) agora.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  7. Evelyne, tudo joia?
    Esse filme está na minha lista de filmes para assistir URGENTE. Mês passado vi o trailer dele no cinema e babei.
    Fiquei chateada de não ter lido o livro na época então logo vou ler, mas o filme não perderei. Não pude assistir ao lançamento, mas em breve mato a vontade. Bela dica de cinema e postagem.
    Obrigada.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    ainda não assisti ao filme e nem li o livro, mas quero muito fazer ambos. Tenho ouvido/visto maravilhas a respeito do filme, e confesso que estou bastante animada para assisti-lo, só não sei quando poderei =(
    Adorei a dica!!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Conheço bem pouco do enredo do filme e do livro, sabe? Mas o pouco já me deixa bem animado sobre essa sociedade igualitária e aparentemente perfeita mas que esconde todas essas lembranças, emoções e de certa forma, priva as pessoas de uma vida digna. Adorei as relações que você mencionou e a presença de Maryl Streep no elenco já me animou <3
    Porem quero ler antes de ver o filme! rs

    Abraço
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá tudo bem ?
    Estou muito ansioso para poder ler o livro e em seguida conferir o filme a história me chamou muita atenção e me parece ser incrível e embora algumas pessoas já tenham me falado que o livro não é muito fiel eu ainda estou com uma expectativa bem alta em relação a ele. Espero poder assistir o mais rápido possível.

    Abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Eve,

    Adorei a postagem, li muitas resenhas positivas sobre o livro, ainda não o li e o filme baseado no livro deve ser bem interessante ler o livro para depois assistir ao filme e foi para minha lista, pois gosto muito de distopias. Agora, quanto a pergunta que você deixou no final, se estamos dispostos a abrir de nossos sentimentos e emoções em troca de uma sociedade perfeita, a minha resposta é não, eu não estou disposta, pois com certeza seria outra pessoa e não eu Tânia. Até acho interessante quem tem este desprendimento, mas não chego a tanto. hahahaha

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá Evelyne, tudo bem?

    Só descobri depois que O Doador de Memórias é uma distopia e fiquei morrendo de raiva, porque queria ler :/ . Ainda mais sabendo que logo vem continuação ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Eve!!!
    Menina, eu assisti, não li o livro, então como espectadora apenas, eu achei um bom filme, achei que faltou um algo mais no entanto, não sei explicar, talvez se eu tivesse lido o livro já tivesse mais preparada para essa distopia! Ótimo post! Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oie Eve.
    Não vi o filme e nem li o livro ainda, mas quero demais conhecer essa história.
    Acredito que vou gostar bastante

    Beijos
    www.amorliterarioamor.com

    ResponderExcluir

Faça a alegria da blogueira que vos escreve: deixe um comentário sobre o post!!!

Post AD